Benefícios da Maçã Argentina

Benefícios da Maçã Argentina

A maçã argentina, também chamada de Red Delicious, é uma das variedades de maçã mais consumidas pelos brasileiros. A origem da maçã é a Ásia Central, contudo, a primeira aparição desta variedade foi no estado de Iowa, nos Estados Unidos, em 1870.

Benefícios da Maçã Argentina

Ela possui formato esférico de cor vermelho vibrante, aroma intenso e sabor doce e suave. Sua polpa possui cor creme, macia, com textura farinhenta, sem muito suco. Suas flores são pequenas e brancas, podendo também ser róseas.

Seu consumo normalmente é feito in natura, mas também é amplamente utilizada na culinária. É muito usada em sobremesas, tortas, doces, compotas e geleias. Recomenda-se consumi-las ao natural para não perder suas propriedades benéficas ao corpo. Também é indicado que se coma com a casca, pois ela possui muita pectina. Para escolher as maçãs, deve-se optar por aquelas que estão brilhantes, pesadas, firmes e sem partes moles.

O nome científico da maçã argentina é Malus Communis.

Maçã argentina benefícios

Estudos científicos já comprovaram que os benefícios da maçã argentina são inúmeros para a saúde. Estes benefícios vão desde o combate à obesidade, passando pela prevenção de reumatismo e gota, chegando até a prevenir o câncer. Abaixo listamos algumas destas vantagens:

1. Auxilia na saúde intestinal: Como possui muitas fibras solúveis e água, ajuda no trânsito intestinal e no correto funcionamento deste órgão tão importante.

2. Controle do peso: Ela possui baixa caloria e, como dispõe de muitas fibras, gera uma sensação de saciedade, deixando o organismo mais tempo sem fome. Ela também possui baixo índice glicêmico, sendo uma ótima ferramenta na luta contra o excesso de peso.

3. Controla os níveis de colesterol e diabetes: Essa variedade de maçã possui muita pectina, presente principalmente na casca. Essa molécula dificulta a absorção de gordura e glicose pelo organismo, baixando os níveis de colesterol e diabetes do corpo.

4. Protege o sistema nervoso: Como é rica nas vitaminas B1, B2 e B3, que possuem função antioxidante, atuam no combate dos radicais livres, protegendo o sistema nervoso.

5. Antialérgico: Essa variedade possui muitos flavonoides que atuam como antialérgicos naturais.

6. Reduz a retenção de líquidos: O potássio é um diurético natural, a maçã argentina é riquíssima neste mineral. Ademais, essa fruta auxilia na liberação natural do sódio, que é conhecido por ser um dos causadores da retenção hídrica. Dessa maneira, atua como um ótimo diurético natural. Da casca desta maçã, pode-se fazer chás que atuarão como poderosos diuréticos.

7. Previne doenças cardíacas: O potássio é um mineral imprescindível para o bom funcionamento do coração; aliado com a pectina, evita o acúmulo de gorduras na parede arterial e melhora a circulação sanguínea.

8. Higiene dos dentes: Na falta de uma escova, pode-se utilizar uma maçã para limpar a gengiva e os dentes. Como é uma fruta com polpa firme e, ao mesmo tempo macia, consegue limpar os dentes sem danificá-los.

9. Combate o envelhecimento precoce: Essa fruta é cheia de antioxidantes que são muito importantes para combater os radicais livres causadores do envelhecimento precoce e morte de células saudáveis. A vitamina C presente nesta fruta também auxilia na formação de colágeno, gerando maior firmeza da pele. Assim, reduz rugas e flacidez da pele.

10. Previne a prisão de ventre: Como é rica em fibras solúveis, auxilia na absorção de água que é fundamental para os movimentos intestinais, evitando gases e o trancamento do trânsito intestinal.

11. Protege a voz e a garganta: As maçãs são ricas em taninos, flavonoides e fitonutrientes que atuam como adstringentes, limpando a boca e faringe, protegendo a voz e a garganta.

12. Fortalece o sistema imunológico: A quercitina é um antioxidante muito importante que possui ação anti-inflamatória, combatendo os radicais livres e fortalecendo as defesas do corpo.

13. Alivia úlceras e gastrite: A quercitina também protege a mucosa gastrointestinal porque forma uma espécie de gel que protege a parede destes órgãos, protegendo-os de gastrites e úlceras.

14. Proteção dos ossos e dentes: Essa fruta possui muito cálcio e fósforo que, combinados, ajudam na formação e fortalecimento de ossos e dentes, prevenindo a osteoporose.

Maçã argentina: propriedades

As propriedades da maçã argentina são muitas. Ela possui muitos minerais essenciais para o bom funcionamento corporal. São eles o potássio, o cálcio e o fósforo. A maçã argentina também possui muitas vitaminas como a A, B1, B2, B3 e C, além de conter muitos flavonoides. Esta fruta também é rica em fibras solúveis como a pectina.

Maçã argentina calorias

Este tipo de maçã possui poucas calorias. Cada 100g dessa fruta possui 63kcal, sendo 16g de carboidratos; 0,2 de proteína; 0,2g de gorduras; 2g de fibras; 3mg de cálcio; 1mg de sódio; 5mg de magnésio; 11mg de fósforo; 117mg de potássio e 1,5mg de vitamina C.

Maçã argentina: preço

A maçã argentina possui preço acessível, apesar de ser um pouco mais cara do que as outras variedades de maçã. Seu preço médio é de 9,50 por quilo, ou seja, cada unidade de maçã custa em média 0,90 centavos. Esse preço depende da localidade e época do ano.

Maçã argentina para bebê

No geral, as maçãs, por serem muito saudáveis e ricas em nutrientes, são muito indicadas para se fazer papinhas e purês para bebês. A maçã argentina, por ser doce, macia, não muito ácida e de fácil digestão, é a variedade de maçã mais indicada para as primeiras refeições sólidas do bebê. Por ser rica em fibras, também, auxilia o intestino do neném a funcionar corretamente.

Maçã argentina: cultivo

O pé desta maçã pode chegar a 8 metros de altura, também possuindo versões semi-anã e anã. Normalmente as maçãs precisam de polinização cruzada, sendo necessários dois pés para ocorrerem os frutos. Contudo, há cultivares onde ocorre a autopolinização.

As maçãs também precisam de tempo de resfriamento para produzirem seus frutos, com temperaturas abaixo de 7ºC e acima do ponto de congelamento. Suas mudas podem ser obtidas pela plantação de suas sementes ou por enxertia. Quando plantadas as sementes, leva no mínimo 3 anos para gerarem os primeiros frutos.