babaco fruta

Benefícios do Babaco

Não será babaçu? Não, caro leitor, você não leu errado, é babaco mesmo. Seu nome científico é Vasconcella x heilbornii e parece muito com o mamão, por isso também é conhecida como mamão da montanha. Ela lembra também a carambola e o cacau. Essa exótica fruta subtropical é nativa da Cordilheira dos Andes, do sul da Colômbia até a área central do Chile em altitudes entre 1500 a 2500 metros.

A origem do babaco remete também ao Equador e Colômbia, onde é cultivada em altitude superior a 3000 metros. Muito popular no Equador, teve seu cultivo iniciado antes de o país ser conquistado pelos espanhóis. A fruta também é encontrada na Itália, Nova Zelândia, Grécia, Espanha, Israel e em outros países do Oriente Médio, mas em estufas. Nos Estados Unidos, é cultivada na costa californiana e no norte da Baía de São Francisco desde os anos 1970. No Brasil, ela ainda é pouco conhecida e não há registros de plantio.

fruta babaco

A fruta babaco, conhecida ainda como fruta champanhe, é de formato cilíndrico. Sua casca e polpa são amarelas e não tem sementes. A coloração indica o amadurecimento da fruta e começa nas laterais. O sabor da polpa suculenta tem traços de mamão, morango, melão e abacaxi. Essa mescla de sabores faz da fruta uma alternativa às sobremesas. Ficou curioso por essa desconhecida fruta? Você está no lugar certo para saber tudo sobre ela.

Propriedades do babaco

Desconhecida e cheia de nutrientes, assim é a babaco fruta. Ela é grande fonte de vitamina A, nutriente antioxidante que limpa as toxinas do organismo. A fruta possui ainda cálcio, mineral ligado na formação e fortalecimento dos ossos e dentes. Outros nutrientes presentes no babaco são as vitaminas C e E, responsáveis pelo fortalecimento do sistema imunológico, entre demais funções do organismo. Você ficará surpreso com a quantidade de benefícios do babaco. Após conhecê-los temos certeza que você rodará a cidade para encontrá-la.

  1. Mantém o corpo hidratado

O babaco tem 93 mg de água, o que colabora na hidratação corporal. Consumi-la em associação com 1,5 a 2 litros de água diariamente deixa você sempre hidratado. Os resultados disso? Tudo funcionando impecavelmente em seu organismo e traduzido por pele, cabelos e unhas saudáveis.

  1. Melhora a absorção do ferro

Alguns nutrientes têm, além de suas propriedades, a capacidade de melhorar a absorção de outros. A vitamina C é um exemplo disso. Ela melhora a receptividade do ferro, o que equilibra a produção de glóbulos vermelhos, consequentemente reduz o risco de anemia. Comer babaco, portanto, é uma ótima opção para todos, principalmente para crianças e adolescentes.

  1. Fortalece o sistema imunológico

As vitaminas C e E são antioxidantes, substâncias que promovem uma faxina no organismo. Assim, o corpo ganha barreiras que impedem a entrada de doenças. Comer babaco e outros alimentos com essas vitaminas deixa você livre de várias doenças, principalmente gripes e resfriados.

  1. Ajuda a regular a pressão arterial e a diabetes.

Hipertensos devem ter atenção até com as frutas, pois, algumas têm muito açúcar. A fruta babaco está na contramão e pode ser consumida sem perigo. Além do baixo índice de açúcar, a fruta contém potássio, nutriente associado a vários processos cardíacos, como a pressão sanguínea. Diabéticos também se beneficiam.

  1. Protege os olhos

A babaco é fonte de betacaroteno, antioxidante que o organismo converte em vitamina A. Ele é importantíssimo para a saúde ocular. Seu consumo evita e melhora a secura ocular e também as conjuntivites de origem inflamatórias. Uma das causas da falta desse nutriente é a “cegueira noturna”, doença que pode levar à cegueira definitiva.

  1. Fortalece o sistema ósseo

A vitamina A e o colágeno ajudam o organismo a fixar o cálcio, magnésio e boro, nutrientes ligados à formação e manutenção dos ossos e dentes. Já a vitamina C, ajuda a prevenir e tratar infecções e afrouxamento gengival.

  1. Deixa a pele, unhas e cabelos saudáveis

O betacaroteno também melhora a aparência da pele. Ele expulsa toxinas e estimula a produção de colágeno, deixando a pele, unhas e cabelos mais fortes. Esse antioxidante ainda atua na produção de melanina, substância que protege e ao mesmo tempo potencializa o bronzeado.

  1. Ajuda no funcionamento do cérebro

O potássio é um mineral envolvido em várias funções. Uma das propriedades do babaco é levar oxigênio ao cérebro para renovar as células cerebrais e melhorar a cognição.

  1. Previne problemas digestivos

Má digestão? O babaco fruta também evita e trata esse e outros problemas do sistema digestivo. Isso porque ela tem a enzima papaína em quantidade 3 vezes maior que o mamão. Essa enzima age no processo digestivo, tornando-a mais fácil.babaco fruta

  1. Torna a cicatrização mais rápida

A vitamina C elimina o que há de ruim no corpo. A papaína age também como um poderoso cicatrizante. Essa combinação é benéfica para peles acneicas, com eczemas e também para queimaduras e infecções cutâneas.

  1. Evita e melhora câimbras musculares e cólicas menstruais

A babaco tem potássio que, assim como a banana, também é aliado no combate às câimbras, pois fortalece os músculos. Você treina? Então ele pode ser incluído na dieta para recuperação dos músculos. As mulheres têm outro excelente motivo para consumi-lo: a fruta é excelente para amenizar cólicas menstruais.

  1. Facilita o emagrecimento

Estima-se que 100 gramas de fruta babaco tenha apenas 20 calorias. O baixo valor calórico, associado às fibras, prolonga a saciedade, ajudando no emagrecimento. Os carboidratos também ajudam nessa missão. Outro dado surpreendente dos benefícios nutricionais é a neutralização dos efeitos do sódio. A fruta é opção saudável para a sobremesa e lanches intermediários.

Babaco fruta – como plantar e características de cultivo

Os babaco benefícios compensam a procura pela fruta. Mas, se você adora plantar, chegou a hora de aprender a cultivá-la. O êxito do babaco cultivo está em saber alguns detalhes sobre a fruta. Primeiramente, você precisará de espaço, pois, ela é um arbusto que cresce até 3 metros, embora os poucos registros sobre a fruta indiquem que pode chegar a 6 metros. O tronco é largo e quanto mais largo, mais saudável é a árvore.

babacoPara ter bons frutos, o ideal é cultivar em estufas, onde a vida útil da árvore é de 5 a 8 anos. Por ser nativa dos Andes, deve ser plantada em locais com incidência de ventos e frios amenos, entre 6 a 12°C e preferencialmente maior que 12°C . O solo não pode ser muito úmido e demanda aplicação de fertilizantes nitrogenados e adubagem com esterco de galinha. A irrigação por chuva é bem-vinda, desde que não seja intensa.

Suas folhas são medianas e duram entre 4 e 6 meses. A árvore da fruta babaco dá flores que desenvolvem-se ao longo do tronco. Gera entre 30 e 60 frutos anualmente, surgindo após a floração e atinge a maturidade de outubro a novembro, alcançando 12 centímetros de comprimento e 8 de largura.

Babaco: como escolher, consumir e armazenar?

A babaco fruta está no ponto quando estiver amarelado. Caso você tenha plantado, deve-se cortar o tronco ou tirar os frutos das hastes. Pode ser comida inteira ou em fatias e seu armazenamento é em geladeira sob temperatura máxima de 20°C até manter-se suculenta. Além do consumo in natura, a fruta pode ser utilizada em sucos, saladas de fruta, batida com iogurte natural, tortas e na preparação de geleias e molhos. Ainda há possibilidade de comê-la verde, contudo, precisa ser cozida. Confira essas três receitas à base de babaco:

Bolo de babaco

  • 250 gramas de babaco maduro e descascado;
  • 10 gramas de fermento em pó;
  • 100 gramas de açúcar mascavo;
  • 5 gramas de farinha de trigo integral;
  • 2 ovos;
  • 25 ml de óleo;
  • 1 colher de sopa de manteiga.

Modo de preparo

Bata levemente os ovos na batedeira. Sem parara de bater, coloque o açúcar, a farinha e o fermento. Bata até obter uma massa homogênea. Adicione a manteiga, o óleo e a babaco e ligue a batedeira mais um pouco. Transfira a mistura em uma forma untada com manteiga e leve ao forno a 180°C por 40 minutos.

Molho picante

Ingredientes

  • 1 babaco;
  • 5 folhas de hortelã;
  • 1 pimentão verde;
  • 1 colher de sopa de mostarda;
  • 1 colher de sopa de cominho;
  • Sal a gosto;
  • Água a gosto.

Modo de preparo

Lave o babaco e corte em cubinhos. Deseje em um recipiente e junte a hortelão, o pimentão, a mostarda e o cominho. Bata tudo no liquidificador ou mixer. Acrescente um pouco de água caso julgue que a mistura está muito grossa. Guarde na geladeira e consuma frio ou levemente aquecido em sanduíches.

Xarope de babaco

Ingredientes

  • 1 babaco;
  • 2 copos de suco de laranja natural;
  • 1 canela em pau;
  • 1 colher de sobremesa de açúcar mascavo;
  • Água.

Modo de preparo

Lave e descasque o babaco. Coloque a fruta e os demais ingredientes em uma panela e cozinhe em fogo médio por 30 minutos, mexendo de vez em quando. Tire a canela e guarde na geladeira por até 5 dias. Use como cobertura de sorvetes ou geleias.

Babaco: preço

É difícil encontrar informações sobre sua comercialização. Os poucos dados existentes dão conta que o Equador tinha em 2011 aproximadamente 180 hectares e a cidade de Tungurahua respondia 60% da produção local. Por conta disso, não é possível determinar o babaco preço, mas por ser uma fruta exótica, o valor tende a ser alto. Existem sites estrangeiros que comercializam a fruta, mas não exportam. Aqui no Brasil, os mercados municipais e centros de entrepostos como o CEAGESP, em São Paulo são locais que você pode encontrar.

As frutas exóticas surpreendem pelo valor nutricional. O babaco é uma delas e vale a pena procurar essa delicia dos Andes. Quando encontrá-la, procure comer in natura ou em receitas saudáveis com pouco ou nada de açúcar. Associe o consumo com alimentação balanceada e exercícios para potencializar os efeitos da fruta.