atemoia

Benefícios da Atemoia

A atemoia (nome científico Annona cherimola Mill x Annona squamosa L.) é uma fruta híbrida, sendo o resultado do cruzamento artificial feito na África do Sul e em Israel entre a cherimoia e a pinha (que também é chamada de fruta-do-conde).

Posteriormente, a atemoia passou a ser produzida nos Estados Unidos, mais precisamente no Estado da Flórida. Atualmente, ela é também produzida em países da América do Sul, como Peru, Colômbia, Equador e Brasil.

A atemoia chegou ao Brasil nos anos 1960 e o cultivo no país é feito principalmente nas regiões Sudeste e Nordeste.  O Estado de São Paulo é onde a fruta é mais produzida, seguido pelos Estados de Minas Gerais, Paraná e Bahia.

O pé de atemoia possui um tamanho médio, folhas longas e flores de cor branca, semelhantes às da fruta-do-conde. O fruto tem um formato arredondado ou então ovalado, de tonalidade entre o verde e o amarelo quando maduro, sendo formado por frutilhos.

A casca é pontiaguda e rugosa, com uma textura um pouco áspera, porém, mais lisa do que a fruta-do-conde. Sua polpa é adocicada e suculenta, apresentando uma cor esbranquiçada e sementes pequenas. A atemoia possui um alto teor de açúcares e pouca acidez. Ela apresenta uma consistência menos sólida que a fruta-do-conde e a quantidade de sementes é menor.

A atemoia entrou no mercado de frutas frescas há pouco tempo, mas ganhou a preferência de diversos consumidores devido ao seu sabor e qualidade. O preço da atemoia é, e geral, mais alto do que a fruta-do-conde.

atemoia

A casca da atemoia é rica em fibras e minerais e, por esse motivo, o seu consumo, quando feito da maneira correta, traz muitos benefícios para a saúde. Como a casca é áspera, tem um formato pontiagudo e também um sabor nada agradável, não é fácil consumi-la in natura. Porém, é possível usá-la para a fabricação de compotas ou geleias.

Já nas sementes de atemoia, benefícios também são encontrados. Elas podem ser usadas após trituradas em saladas de frutas, iogurtes, sorvetes e em outros pratos.

Apesar de a polpa da atemoia não conter a mesma quantidade de fenótipos que a casca, possui mais do que outras frutas como, por exemplo, o mamão, abacaxi, maracujá e goiaba. A polpa também é rica em potássio, contendo uma concentração que pode ser equiparada com a banana.

As sementes possuem ácidos graxos insaturados que atuam na prevenção de doenças degenerativas e cardiovasculares, como o ácido linoleico e o ácido oleico, além da vitamina E. Seus compostos bioativos são também utilizados na indústria farmacêutica, além de serem usados para fabricação de alimentos e cosméticos.

Mesmo que as propriedades da atemoia não sejam muito conhecidas pelas pessoas em geral, essa fruta possui componentes que são importantes para a saúde do nosso organismo. Consumir uma atemoia fornece cerca de 20% do potássio e também por volta de 50% do cobre que são recomendados por dia para o bom funcionamento do nosso organismo.

A melhor época para consumir qualquer fruta é durante sua safra, quando a qualidade nutricional é melhor. Por esse motivo, a época mais apropriada para comprar a atemoia é entre os meses de abril e agosto.

Benefícios da atemoia

Além de a fruta ter um sabor muito agradável ao paladar, ela apresenta uma série de benefícios para a saúde. As propriedades da atemoia são várias, pois entre os nutrientes nela encontrados estão a vitamina C, vitamina B1, vitamina B2, potássio, cálcio, ferro, entre outras. Possui ação antioxidante, anti-inflamatória e antibacteriana. Veja quais são as vantagens principais em consumir a atemoia:

1.Controla a pressão

A atemoia possui potássio em sua polpa e, por se tratar de um mineral vaso dilatador, contribui para regular a pressão. O potássio é também um elemento essencial para quem pratica exercícios físicos, pois é utilizado para a contração muscular, evita a ocorrência de cãibras e ajuda no equilíbrio da água no organismo.

2.Combate gripes e resfriados

A presença da vitamina C na atemoia ajuda a combater gripes e resfriados, pois fortalece as defesas do organismo. Além disso, ela contém componentes com ação anti-inflamatória, o que faz com que as infecções sejam evitadas e a cicatrização da pele seja mais rápida.

3.Ajuda a regular o intestino

Por ser uma fruta rica em fibras, ela auxilia no bom funcionamento do intestino. Por conta da presença das fibras, as gorduras e açúcares no organismo são reduzidos, diminuindo o colesterol e a glicose.

4.Previne algumas doenças do coração

As sementes da atemoia possuem uma grande quantidade de ácidos graxos, como o ômega 3 e o ômega 6. Esses compostos auxiliam no equilíbrio do colesterol ruim (LDL), sem com isso alterar o considerado colesterol bom (HDL). Isso ajuda na prevenção de certas doenças cardiovasculares.

5.Possui ação anticancerígena

Estudos feitos com a atemoia revelaram que a sua casca apresenta componentes com potencial ação anti-inflamatória e antioxidante que ajudam na prevenção de vários tipos de câncer.

Os elementos encontrados na casca também contribuem para a prevenção do envelhecimento precoce e doenças degenerativas, como artrite e artrose.

A polpa contém fenólicos, porém em menor quantidade do que a casca. Esses elementos ajudam a combater a presença dos radicais livres, contribuindo também para a prevenção do câncer.

Fruta atemoia: para que serve

O extrato feito a partir da casca da fruta contém uma quantidade maior de fenólicos do que o encontrado na polpa ou nas sementes. A casca possui uma grande capacidade antioxidante e ajuda no combate de bactérias que estão ligadas a doenças que são transmitidas através de alimentos.

O alto teor de líquido presente na polpa a torna uma excelente opção para a fabricação de sucos, geleias e purês. Porém, a melhor maneira de consumir a atemoia é in natura, já que dessa forma os nutrientes serão melhor absorvidos. Essa fruta também pode ser usada para o preparo de mousses, bolos e outras sobremesas.

Como plantar atemoia

Para que o seu plantio de atemoia seja bem-sucedido, o primeiro passo é buscar orientação junto a um técnico agrícola ou engenheiro agrônomo. Mas, em linhas gerais, o ideal para o plantio são solos bem drenado. A planta se adapta ao clima subtropical e se desenvolve a uma temperatura média em torno dos 10°C, mas pode sobreviver entre 4 a 6°C.

A produção e comercialização da atemoia ocorre entre os meses de abril e agosto, com pouca oferta entre novembro e fevereiro. A colheita do fruto deve ser feita no ponto certo pois, se colhido ainda verde, a qualidade torna-se baixa na pós-colheita.

A colheita de frutos ainda não maduros consiste em um problema na comercialização da atemoia, pois existe uma dificuldade para reconhecer quando o fruto se encontra maduro. Antes de atingir a maturação, a casca apresenta uma cor verde-clara brilhante e, ao amadurecer, passa a ter uma tonalidade verde-amarelo claro. Outro ponto desfavorável é a ocorrência de frutos malformados.

A casca da atemoia é bem delicada e, por ser uma fruta bem perecível, é preciso de atenção ao comprá-la, devendo ser escolhidos os exemplares mais firmes e sem manchas, o que indica que não passaram do ponto para consumo.

A atemoia deverá ser mantida fora da geladeira e em temperatura ambiente até que esteja no ponto ideal para ser consumida. Caso deseje conservar a fruta na geladeira, isso só deverá ser feito quando ela estiver macia, para que o frio não a torne imprópria para o consumo, fazendo com que a casca se torne escura e endurecida.

Receitas de atemoia

Mousse de atemoia

Que tal preparar uma sobremesa deliciosa com essa fruta que é ótima para a saúde? Veja como não é nada complicado fazer o mousse de atemoia e desfrute do resultado.

Ingredientes

  • 6 atemoias grandes
  • 5 colheres (sopa) de água
  • 1 xícara de creme de leite fresco
  • 5 colheres (sopa) de açúcar
  • 3 claras em neve
  • 1 envelope de gelatina sem sabor

Modo de preparo

  1. Comece descascando as atemoias e remova as sementes. Em seguida, remova a polpa.
  2. Misture a polpa junto com a gelatina dissolvida em água, acrescente o creme de leite e bata novamente, com suavidade.
  3. Adicione a polpa da atemoia e misture mais uma vez.
  4. Coloque na geladeira e sirva quando estiver gelado.

Suco de atemoia

O suco de atemoia é refrescante e muito saboroso, além de ser rico em diversos nutrientes benéficos para a saúde do corpo.

Ingredientes

  • 1 atemoia madura
  • 2 colheres (sopa) de mel ou glucose de milho
  • 2 xícaras de água filtrada gelada
  • Suco de meio limão

Modo de preparo

  1. Remova a casca e as sementes da atemoia. Coloque a polpa no liquidificador e bata junto com a água.
  2. Em uma peneira fina ou coador de pano, coe a polpa batida.
  3. Coloque de novo o suco no liquidificador e acrescente o limão e o mel (ou glucose).
  4. Bata até que seja formada uma massa de textura homogênea.

Caso deseje, coloque alguns cubos de gelo e já pode servir.