physalis fruta

Benefícios do Physalis

A physalis (lê-se físalis) é um fruta pequena e arredondada, podendo ser amarela, laranja ou vermelha, pertencente ao grupo Physalis angulata, o mesmo do tomate, berinjela, batata, pimentas e do pimentão. A fruta ainda tem uma espécie tóxica, chamada de juá-bravo, pertencente à família Solanum mammosum. Vem embrulhada em uma fina casca semelhante ao papel seda. A physalis origem remete à Amazônia e os Andes. No entanto, também é cultivada na Europa, África, Ásia e Américas, principalmente as espécies linkiana, ramosissima, esquirolii, lanceifolia e capsicifolia.

physalis alimento

Encontrada nos mercados municipais a preços altos, é popular nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. Nessas regiões, a fruta é conhecida como juá, mata-fome, joá-de-capote, capote, camapum, tomate-capucho, bucho-de-rã e bate-testa. É muito comum na Colômbia pelos nomes de uchuva e physalis peruviana, destacando-se por ser o maior produtor e exportador da fruta. Já no Japão, é conhecida por hosuki e tem até a Festa do Hosuki. Quer saber mais sobre a physalis? Acompanhe aqui o raio-X dessa fruta exótica.

Propriedades da physalis

A fruta é rica em nutrientes, tanto que a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) da Bahia conduziu pesquisas. Os estudiosos encontraram fisalinas, compostos capazes de proteger o organismo, principalmente em pessoas submetidas a transplantes. Testes realizados com camundongos demonstraram a eficiência. Se fosse “apenas” isso já justificaria seu consumo. Mas, ela reúne uma série de propriedades importantíssimas para o bom funcionamento do organismo. Conheça os benefícios da physalis:

  1. Rica em nutrientes

A fruta é um “canhão nutricional”: ferro, fibras, cálcio, fósforo, proteínas, carboidratos, flavonoides e vitaminas A e C. Ela ainda tem alto índice de água. Tudo isso torna a physalis uma das frutas mais nutritivas do mundo.

  1. Ajuda a combater o colesterol e diabetes.

A physalis fruta auxilia a combater o colesterol ruim. As poucas calorias (49/100 gramas), baixo nível de açúcar e os flavonoides presentes facilitam a circulação sanguínea. Diabéticos também têm a fruta como aliada.

fruta physalis

  1. Protege o sistema imunológico

A vitamina C e o betacaroteno (convertido em vitamina A pelo organismo) são antioxidantes, por isso expulsam toxinas do organismo. Esses nutrientes são importantes para o bom desempenho do sistema imunológico. O consumo regular da physalis auxilia a afastar simples resfriados e até mesmo doenças mais complexas, como o câncer.

  1. Mantém a saúde ocular

As vitaminas A e C e os flavonoides varrem os radicais livres (toxinas) do organismo. Por isso, a fruta physalis ajuda a manter os olhos saudáveis, fortalecendo as fibras oculares e evitando doenças que podem levar à cegueira como a catarata.

  1. Poderoso anti-inflamatório

A fisalina é uma substância com ação anti-inflamatória. Consumir a fruta é boa pedida para pessoas com dores crônicas.

  1. Faz o intestino funcionar regularmente

A physalis é rica em fibras, fator que beneficia o intestino por aumentar e facilitar a saída do volume do bolo fecal. Comê-la é indicado para pessoas com prisão de ventre e a todos para a melhorar a saúde intestinal.

  1. Ajuda a emagrecer

Resultado da presença de fibras e dos carboidratos. Eles são responsáveis por aumentar a saciedade, ou seja, retardam a fome.

  1. Bom para a pele

Os carotenoides são substâncias antioxidantes que removem toxinas da pele. Comer physalis regularmente é bom para diminuir o ressecamento, cicatrizes de acne e manchas.

Physalis: como comer?

O sabor doce e ácido da physalis pode ser apreciado entre setembro a dezembro. Seu consumo é variado: in natura, sucos, doces, compotas, geleias, sorvetes e molhos. Aprenda quatro receitas com physalis:

Physalis caramelizada

Ingredientes

  • 500 ml de água;
  • 250 g de açúcar.

Modo de preparo

Tire as folhas da fruta com cuidado. Ferva a água e o açúcar em fogo alto. Quando atingir fervura, abaixe o fogo e agite para a cor ficar uniforme. Leve a panela para a pia ou recipiente com água gelada para o caramelo não endurecer. Coloque a fruta no caramelo e remova o excesso. Transfira para o papel vegetal e espere secar.

physalis fruta

Cheesecake de physalis

Ingredientes

Massa

  • 2 colheres de sopa de margarina culinária;
  • 1 embalagem de waffer sabor chocolate (pode ser a versão zero açúcar).

Recheio

  • 1 embalagem de gelatina incolor e sem sabor em pó;
  • 1 colher de creme de leite fresco;
  • 1 embalagem de pó para preparo de sobremesa sabor leite condensado;
  • 1 colher de cream cheese (pode ser light);

Geleia

  • 80 gramas de physalis sem pele picado;
  • 1 xícara de chá de frutose;
  • ¾ de xícara de água em temperatura ambiente.

Modo de preparo

Massa: Triture o waffer com as mãos dentro de um recipiente até ficar bem esfarelado. Acrescente a manteiga e misture bem.

Recheio: Siga as orientações do pó para preparo de sobremesa e reserve. Bata o creme de leite na batedeira até obter um chantili. Coloque o cream cheese e o leite condensado no chantili e bata até atingir consistência homogênea. Acrescente a gelatina e continue a bater.

Geleia: Coloque a physalis, a água e a frutose em uma panela e cozinhe até ficar em ponto de geleia.

Montagem: Coloque a massa em uma forma de aro removível de 23 cm de diâmetro por 6 cm de altura. Passe o recheio sobre a massa, leve para geladeira e deixe por 3 horas. Remova as laterais da forma e use uma espátula para transferir a torta para um prato. Adicione a calda fria.

Molho de physalis para carnes

Ingredientes

  • 20 unidades de physalis;physalis
  • Suco de um limão;
  • 2 colheres de sopa de vinagre balsâmico;
  • 2 colheres de sopa de iogurte natural;
  • ½ copo de vinho branco seco;
  • Ervas a gosto.

Modo de preparo

Bata tudo no liquidificador. Adicione um pouco de água se julgar que está grosso demais e volte a bater. Use o molho nas carnes em geral, principalmente suínas e aves.

Sashimi de physalis

Ingredientes

  • 10 physalis;
  • 2 carambolas;
  • 8 cerejas;
  • 2 laranjas
  • 4 bananas-nanicas;
  • 300 ml de creme de leite fresco;
  • 300 ml de leite integral;
  • 2 colheres de sopa de amido de milho;
  • 70 g de açúcar;
  • Açúcar de confeiteiro;
  • 4 gemas;
  • 1 fava de baunilha.

Modo de preparo

Abra e raspe a fava de baunilha conforme orientações da embalagem. Misture-a com o leite e creme de leite, leve ao fogo brando, deixe até ferver e reserve. Em outro recipiente, bata as gemas com o açúcar e a maisena e acrescente o preparado com leite. Leve tudo ao fogo baixo e mexa até obter consistência de creme. Coloque o creme no centro de um prato, posicione cada physalis sobre o creme. Salpique açúcar de confeiteiro sobre a fruta.

Physalis fruta: como plantar?

Até 2007, o cultivo da physalis no Brasil era apenas para pesquisa. A produção comercial começou em 2008 na modalidade de agricultura familiar. O histórico do cultivo brasileiro revela que um agricultor mineiro tinha apenas 300 mudas e em 2009 tinha quase 5 mil mudas plantadas. Há dados também sobre um produtor catarinense que pulou de 500 mudas em 2008 para 10 mil mudas plantadas em 2009. Ainda na região Sul, o Rio Grande do Sul é um importante produtor de physalis.

Não é uma planta de plantio complexo. Pode ser cultivada durante o ano inteiro, desde que o local não tenha incidência de geadas. A temperatura mínima é 15°C, entretanto, suporta o frio. Os agricultores precisam tomar cuidado com seca, calor, frio e umidade intensos. O solo deve ser rico em matéria orgânica e com pH entre 5,5 a 6, com adubação utilizada nos tomateiros. Outra recomendação sobre o solo é evitar terras encharcado e com cultivo de tomate, berinjela, batata, pimentas e do pimentão, por serem do mesmo grupo. A colheita começa após quatro ou cinco meses quando a fruta está amarela e o ciclo da fruta physalis dura entre seis e oito meses. Estima-se que cada muda gere até três quilos.

As pragas que mais atingem a physalis planta no Brasil são a Cercospora sp e Alternaria sp. A escolha de boas sementes e fungicidas de qualidade reduz a incidência de pragas. Mas, durante períodos de chuvas, é preciso aplicar calda bordalesa em proporção de 1% quinzenalmente. Já o controle de broca pequena, ácaros e tripes deve ser a cada dez dias, preferencialmente após a colheita.

Veja como plantar a physalis:

  1. A primeira etapa é realizada em copos de plástico de 300 ml ou bandejas de isopor com 128 células. Aplique substrato para hortaliça em cada copo ou bandeja. Coloque uma semente em cada recipiente. A physalis começará a germinar entre 10 e 20 dias;
  2. Transfira as mudas quando atingirem entre 20 a 30 cm de altura. Posicione-as em duplas, uma ao lado da outra, respeitando a distância de 30 centímetros entre cada dupla.
  3. Quando atingirem 80 centímetros, coloque uma estaca (pode ser bambu) de 2 metros em cada par de physalis. Esse procedimento chama-se tutoramento e você deve usar o método usado no tomateiro.

Physalis: preço

O preço da physalis direto com o produtor é de R$15,00. Nos supermercados, mercados municipais e entrepostos como CEAGESP, o valor mínimo é R$70,00. Quem for plantar encontra o kit com até 500 mudas tem preço médio de R$225,00. No site Mercado Livre, o preço das sementes de physalis peruviana é de R$8,00 e R$10,00 com envio para o todo o país.

Você já viu a fruta physalis ou ela é uma novidade para você? Ainda que não seja popular em todo o Brasil, vale a pena procurá-la. Além do sabor delicioso, da possibilidade de receitas, ela ainda tem várias propriedades nutricionais. Associe o consumo da physalis com dieta balanceada e exercícios para potencializar seus benefícios.