feijoa

Benefícios da Feijoa

A fruta feijoa, também conhecida como goiaba serrana feijoa, é nativa do planalto central do Brasil e nordeste do Uruguai. Seu nome científico é Acca sellowiana, da família Myrtaceae. Embora seja nativa do Brasil, a feijoa é cultivada principalmente em outros países, especialmente na Nova Zelândia e na Colômbia, permanecendo pouco conhecida no mercado nacional.

feijoa

Na Nova Zelândia, a feijoa é muito popular e encontra-se muitos produtos industrializados a base da fruta no mercado, como sucos, doces e geleias. O nome feijoa é uma homenagem ao botânico brasileiro João da Silva Feijó.

Feijoa fruta: outros nomes

Além de goiaba serrana, a feijoa é conhecida por outros nomes, em diferentes partes do Brasil. A feijoa também é chamada de:

  • Goiaba crioula.
  • Araçá do Rio Grande.
  • Goiaba abacaxi.
  • Goiaba ananás.

Em inglês, a fruta também é chamada de feijoa, mas também recebe a nomenclatura pineapple guava e fig guava.

A feijoa é classificada como um pseudofruto do tipo pomo. É uma baga de formato oblongo, apresentando polpa de cor amarelo-claro. A casca da feijoa pode ser lisa, rugosa ou semirrugosa. O diâmetro da fruta vai de 3 a 5 cm e seu comprimento de 4 a 10 cm. Seu peso pode chegar a 250 g e o rendimento da polpa é de 15 a 50%.

Na verdade, a goiaba serrana feijoa é quase idêntica na aparência à goiaba comum (Psidium guajava L.), com a diferença de que sua casca permanece verde após a maturação e não é comestível. O sabor da polpa da feijoa é doce-acidulado e seu aroma é penetrante.

Além de ser consumida in natura, a feijoa pode ser processada e usada na produção de sucos, geleias, sorvetes e bebidas.

Feijoa árvore

A goiabeira-serrana é a árvore que produz a feijoa. A árvore da feijoa é do tipo arbusto, de folhas perenes e tronco ramificado, com altura que varia de 2 a 6 metros.

Feijoa flor

As pétalas das flores da feijoa, além de muito bonitas, são comestíveis e apresentam sabor agradável, podendo ser utilizadas na decoração de pratos, em saladas e doces.

Feijoa: composição nutricional

Na composição nutricional da feijoa, destacam-se os seguintes elementos:

  • Iodo. Mineral que participa da síntese dos hormônios tiroxina e triiodotiroxina pela glândula tireoide. Tais hormônios são importantes para a maioria dos órgãos e grandes funções do organismo, como o sistema cardiovascular, sistema nervoso, processo de termogênese, função renal e respiratória.
  • Vitamina C. Poderoso antioxidante, fundamental para manter o tecido conjuntivo saudável e facilitador da absorção do mineral ferro. A vitamina C também participa da síntese de aminoácidos.
  • Vitamina E. Vitamina lipossolúvel de importantes propriedades antioxidantes, capaz de combater os danos celulares causados pelos radicais livres.
  • Magnésio. Mineral que atua nos processos de contração e relaxamento muscular, produção e transporte de energia, assim como na síntese de proteínas pelo organismo.
  • Fósforo. Mineral constituinte das membranas celulares, dos ossos e dentes. É importante para o metabolismo de glícidos e que age nas contrações musculares.

feijoa fruta

  • Cálcio. Mineral fundamental para a formação e manutenção dos ossos e dentes.
  • Potássio. Mineral que age no equilíbrio hídrico do organismo e participa dos processos que regulam as atividades neuromusculares.
  • Vitaminas do Complexo B. Conjunto de vitaminas que desempenham diferentes funções importantes no organismo e só podem ser ingeridas através da alimentação.

Cada 100 g de feijoa in natura contêm em média 55 calorias, ou seja, ela é uma fruta de baixo valor calórico.

Benefícios da feijoa

Por sua rica composição nutricional, apresenta à feijoa benefícios múltiplos à saúde, entre os quais podemos citar.

  • Ajuda a emagrecer. Com poucas calorias, a feijoa é um excelente substituto para doces industrializados. Comer uma feijoa entre as refeições ajuda a controlar o apetite, contribuindo para a manutenção de uma dieta balanceada.
  • Tem ação antialérgica. Por suas propriedades antialérgicas, a feijoa é indicada para pessoas que sofrem com problemas de alergias.
  • Fortalece a imunidade. Rica em vitamina C, a feijoa ajuda a fortalecer o sistema imunológico, responsável por proteger o organismo contra agentes causadores de doenças, como fungos, vírus e bactérias.
  • É um potente anti-inflamatório natural. Rica em flavonoides, a feijoa ajuda o organismo a reagir a quadros inflamatórios. Por isso, seu consumo é recomendado para pessoas que sofrem de artrite, gota e outras doenças caracterizadas por quadros inflamatórios graves.
  • Melhora a saúde e aparência da pele. A feijoa é rica em nutrientes que contribuem para a saúde e beleza da pele, como a vitamina C, o mineral zinco e a vitamina E.
  • Previne o envelhecimento precoce. Rica em antioxidantes, a feijoa combate a ação dos radicais livres, responsáveis pela aceleração do processo de envelhecimento.
  • Auxilia na prevenção e tratamento de infecções. Estudos já comprovaram a ação antibacteriana da feijoa. Por isso, seu consumo pode auxiliar no tratamento de quadros infecciosos, embora não substitua a terapia com antibióticos.
  • Ajuda a prevenir o câncer. Os radicais livres têm importante papel no desenvolvimento de diversos tipos de câncer. Por ser rica em antioxidantes, a feijoa pode ajudar a prevenir o câncer.
  • Previne distúrbios da tireoide. A feijoa é rica em iodo, mineral indispensável para o bom funcionamento da glândula tireoide.

Propriedades da feijoa

A feijoa possui propriedade antibactericida, antioxidante e antialérgica. A presença de flavonoides na fruta fortalece a função imunológica do organismo, estimulando respostas crônicas em processos inflamatórios. Estudos já demonstraram que os flavonoides presentes na feijoa agem de forma seletiva, causando apoptose em células de tumores mieloides, nos quadros de leucemia.

Embora a casca da feijoa não seja consumida, por ter sabor adstringente, pesquisas recentes apontaram uma grande quantidade de fitonutrientes presente nessa parte da fruta. Entre esses fitonutrientes antioxidantes, destacam-se as catequinas, o ácido elágico e o catecol.

Estes nutrientes, chamados de polifenóis, têm ação protetora sobre a mucosa do intestino, pois reduzem o estresse oxidativo e aumentam a atividade enzimática antioxidante.

Mudas de feijoa

Na internet, é possível encontrar mudas de feijoa e sementes à venda. É aconselhável buscar um fornecedor confiável, para garantir que realmente tratem-se de mudas ou sementes de Acca sellowiana.

Feijoa: onde comprar

Embora seja originária do território brasileiro, não é tão fácil no Brasil saber onde encontrar a fruta feijoa. A feijoa só está disponível em algumas grandes redes de hortifrútis e lojas (físicas e online) especializadas em frutas “exóticas” (lembrando que a feijoa é genuinamente brasileira).

Fruta feijoa: como se comefruta feijoa

Além de ser deliciosa e apresentar muitos benefícios para a saúde humana, a feijoa é também uma fruta fácil de comer. Conforme já exposto, a casca da feijoa não é comestível, então, para saboreá-la, corta-se a fruta em duas partes (em qualquer sentido) e utiliza-se uma colher para retirar a polpa.

Suco de feijoa

O suco de feijoa é muito nutritivo, saboroso e fácil de preparar. Basta bater no liquidificador ½ litro de água e a polpa de 2 feijoas maduras. Depois é só adoçar a gosto, preferencialmente com açúcar mascavo ou mel, que são opções mais saudáveis e nutritivas. Para dar um toque extra de refrescância ao suco de feijoa, pode-se acrescentar algumas folhas de hortelão na hora de bater.

Receita: bavaroise de feijoa

Ingredientes: 300 g de feijoas maduras; ¾ xícara (chá) de açúcar; ½ xícara de água; 1 e ½ xícara de leite integral; 5 folhas de gelatina incolor sem sabor; 3 gemas; 200 g de creme de leite fresco (gelado).

Modo de preparo: lave bem as feijoas maduras, descasque-as e corte em pequenos pedaços. Coloque a feijoa em pedaços em uma panela e leve ao fogo médio, com a metade do açúcar e a água, deixando ferver até que a feijoa amoleça bem; retire do fogo, deixe esfriar um pouco, bata no liquidificador e passe por uma peneira não muito fina. Reserve.

Em um recipiente, despeje meia xícara do leite e coloque as folhas de gelatina (picadas) para que hidratem. Reserve.

Aqueça o restante do leite e, em uma tigela, bata as gemas muito bem e misture-as ao açúcar que restou, despejando sobre a mistura um pouco de leite quente e mexendo novamente. Ponha essa mistura na panela com o leite quente e leve ao fogo baixo, mexendo com delicadeza até que comece a engrossar (não deixe ferver).

Retire a mistura do fogo e, com ela ainda quente, adicione a gelatina hidratada com o leite e misture até ficar homogêneo. Acrescente a feijoa cozida e mexa bem. Ponha a panela em cima de uma bacia com água e cubos de gelo, vá misturando vagarosamente até esfriar e começar a gelatinizar (o ponto certo é quando adquire a consistência de clara de ovo).

Em um recipiente à parte, bata o creme de leite até que se formem picos moles. Acrescente a mistura de feijoa sobre o creme de leite e misture delicadamente, até formar um creme espesso e homogêneo. Coloque em uma forma grande e leve à geladeira por 4 horas, aproximadamente.

Dica: a bavaroise de feijoa pode ser servida com uma calda de alguma fruta cítrica, como acerola ou abacaxi; os sabores se harmonizam muito bem.